Pular para o conteúdo principal

Capilla del Monte, o povoado argentino onde todos dizem ter visto um óvni ao menos uma vez

A emoção de Alicia Pagez, moradora de Capilla del Monte, na província de Córdoba, no centro da Argentina, vai aumentando à medida que chegam fotos da noite anterior, quando ela esteve na serra local buscando objetos voadores não identificados (óvnis).

"Veja isso", diz sobre as imagens nas quais se veem umas luzes estranhas, com formas circulares e de cores fluorescentes.

"Não posso explicar o que vimos. No fim, ficamos tontos", acrescenta, exausta.

Nem ela nem eu temos certeza do que se vê nas fotos, mas claramente não se trata de um típico reflexo de luz.

É algo estranho. Algo que Pagez - e talvez eu - poderá acrescentar à longa lista de "coisas estranhas" vistas nesse povoado onde praticamente todos os habitantes podem contar sobre o dia em que, supostamente, viram um óvni.

"Aqui todo mundo viu um óvni alguma vez na vida", diz ela. 



Capital mundial da observação de óvnis

Capilla del Monte, um pequeno povoado de dez mil habitantes no norte de Córdoba, é visitado por milhares de pessoas de todo o mundo em busca de experiências transcendentais, ufólogas ou espirituais.

O aviso que dá boas-vindas ao povo tem a figura de um extraterrestre verde, careca e com uma cabeça verde sobre um cartaz.

As lojas de suvenires vendem quartzos, incensos, livros sobre como harmonizar chacras e figurinhas do mesmo boneco alienígena de olhos redondos tomando fernet, uma bebida tradicional na região.

Uma vez ao ano se realiza aqui o Congresso Internacional de Onvilogia, um evento que reúne uma multidão que busca experiências holísticas e ufológicas em suas férias.

Agustín Galarza, por exemplo, viajou 600 quilômetros de Santa Fé para visitar o Centro de Informações de Óvnis localizado no pé das místicas serras que rodeiam Capilla.

"Acredito que é bom saber que não estamos sozinho", diz ele. "O governo precisa saber disso, e por isso esses tipos de lugar são importantes, para que estejamos mais bem informados."

O centro, fundado há 21 anos, fica numa pequena casa de pedras rodeada de jardins com flores e cactus sob a vigilância de uma estátua do extraterrestre verde com olhos negros e uma espécie de sorriso. 



Luz Mary López é a colombiana de 23 anos que administra e dá palestras no centro.

"Aqui em Capilla se vendem muitos mitos sobre sujeitos, experiências e civilizações para além da humanidade, mas o que nós apresentamos é evidência documental de que os seres humanos não estão sozinhos", conta.

Na sala da casa, onde há um lugar para conferências e um estúdio para seu programa de rádio, há cartazes e recortes de jornais velhos e novos, locais e internacionais, das diferentes reportagens segundo as quais o mundo viu a passagem de extraterrestres.

São documentadas as linhas de Nazca, no Peru, por exemplo, assim como as pedras de Stonehenge, na Inglaterra. 



E também há uma parede inteira que documenta o evento que originou toda essa história: a pegada de pássaro no monte Uritorco, a quatro quilômetros de Capilla del Monte.

Reza a lenda que um suposto óvni parou sobre uma das esplêndidas serras da região em 9 de janeiro de 1986 e deixou uma marca oval de 122 metros de largura por 64 de altura, que permaneceu no lugar por três anos.

Três pessoas que viviam próximo ao monte Pajarillo disseram ter visto nesta noite "uma nave redonda com janelinha", e depois "uma luz vermelha ofuscante" que iluminou a casa.

Os testemunhos foram divulgados no dia seguinte e a história cresceu como uma bola de neve. Foi narrada assim, como um fato, pela agência de notícias estatal, a Télam: "Um objeto voador não identificado de grande dimensões, cujas evoluções foram observadas por uma hora, desceu a ladeira de uma das colinas da Sierra del Pajarillo, a uns 12 quilômetros a noroeste de Capilla del Monte". 



Com o tempo, surgiram teorias de que tratou-se de um incêndio provocado e controlado para promover Capilla como destino turístico ou que do teste de um míssil por parte do Exército.

Mas embora seja a mais importante, a história da pegada do pássaro é uma entre as muitas que se ouvem em Capilla del Monte sobre a presença de seres não identificados.

Outra, por exemplo, fala da existência da cidade de Erks, no centro do monte Uritorco, onde supostamente é guardado um "cetro" que foi confeccionado há 8 mil anos para um chefe dos Comechingón, a sociedade indígena que vivia na região e foi massacrada com a chegada dos espanhóis.

Acredita-se que neste cetro esteja a sabedoria da humanidade. 



O que há no lugar, afinal?

Mas além do esoterismo, essas esplêndidas serras forradas de gramíneas têm algo de especial. Algo que talvez explique as luzes nas fotos que chegavam no celular de Alicia Pagez.

De um lado, alguns asseguram que a presença de materiais como quartzo, feldspatos e turmalinas nas rochas que compõem as serras podem gerar cargas que geram plasmas.

Mas para Edgardo Baldo, diretor do Centro de Pesquisas das Ciências da Terra da Universidade Nacional de Córdoba e talvez o geólogo que mais estudou estas regiões, "não há nada de especial nessas serras do ponto de vista puramente geológico".

"O monte Uritorco é feito de uma rocha muito comum, o granito, que tem entre seus componentes quartzo e mica, entre outras coisas. Mas todas as serras grandes de Córdoba têm essa mesma rocha, são os picos de echala (...) Não há anomalia de quartzo no Uritorco", explica.

O cientista lembra que há dois anos colegas do departamento de Física publicaram um estudo que explica as luzes como reflexo de veículos que passaram por uma estrada localizada bem atrás das serras.

"Mas na realidade, mesmo que tenha estudado a área por décadas, não saberia se as luzes realmente existem e como podem ser explicadas", conclui Blado.

Horacio Damián, um risonho camponês de chapéu e olhos pronunciados que vive sob as cavernas de Ongamira, no núcleo do suposto centro de energia, concorda.



"Isso não é para todos", diz. "Salvo as estrelas cadentes, nunca vi nada."

Fonte: Link

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Nassim Haramein

Nassim Haramein é um físico nascido na Suíça que dedicou toda a sua vida em pesquisas e pensamentos no campo da física quântica e teorias sobre o hiperespaço, espaço de uma maneira não muito convencional mas profundamente esclarecedora, trazendo novas e corajosas discussões e revelações nesse campo e relacionando-as à nossa realidade, à nossa existência e ao conhecimento das civilizações antigas.
No ano de 2004 Nassim Haramein deu uma palestra de 5 horas que foi gravada em vídeo e colocada no youtube, onde ele aborda diversos temas e suas teorias a respeito deles. Na palestra, Nassim fala sobre a estrutura do vácuo e sua composição geométrica sua importância no universo, a singularidade de cada indíviduo / átomo / corpos celestes, buracos negros e as dimensões do universo, o estranho aumento de atividade Solar a partir do ano 2000, explicações sobre crop cricles (círculos em plantações) , ovnis, pirâmides ao redor do mundo, explicações sobre civilizações antigas, Móises,  Jesus, a Bíbl…

Aumento do número de erupções vulcânicas

Erupção vulcânica
Origem:Wikipédia


Erupção vulcânica é um fenômeno da natureza, geralmente associado à extravasação do magma de regiões profundas da Terra na superfície do planeta. As camadas de rochas formadas por erupções magmáticas são chamadas de "derrames", pois a rocha se espalha e solidifica-se na superfície do globo. A lava arrefecida gera normalmente um óptimo solo para plantação.


Incrível aumento do número de erupções vulcânicas
Estima-se que existam atualmente 1.500 vulcões ativos no mundo, 550 em terra e o restante no oceano. Algumas regiões do planeta estão sendo monitoradas continuamente em relação à atividade vulcânica, como Alasca, Islândia, Indonésia, Equador, Japão, Itália e, mais recentemente, México. Na Itália há cinco vulcões “preocupantes”; no Japão, são 86… E o número de erupções no mundo vem aumentando já há tempos.
A título de ilustração, observe-se o gráfico abaixo (extraído da página Volcano), que mostra o registro de erupções conhecidas do vulcão Mera…

NOVO ESTUDO DA NASA PODE CORROBORAR HISTÓRIA SOBRE O PLANETA NIBIRU.

No início do século XX, foram encontradas, na lendária biblioteca de Nínive, cujo nome significa «bela», fica situada na margem ocidental do rio Tigre e foi a capital da Assíria (atual Iraque) 20 mil placas de argila (material usado para escrita na época), com textos em escrita cuneiforme – muitos deles bilingues, em sumério e acádico – sobre o mundo natural, geografia, matemática, astrologia e medicina; manuais de exorcismo e de augúrios; códigos de leis; relatos de aventuras e textos religiosos. Dentre os relatos haviam textos contendo a história da criação da humanidade, bem como a existência de um planeta extra-solar (NIBIRU) que teria se desprendido do nosso sistema e que seria o planeta de origem dos criadores da humanidade os, ANUNNAKI.


Muitos acharam que tratavam-se de lendas ou contos mitológicos, mas para o autor de O 12º PLANETA, Zecharia Sitchin, eram relatos verdadeiros da história humana e recentemente a NASA acendeu uma nova luz para o que pode tratar-se de um fato verda…

O Mundo Segundo a Monsanto

O Documentário é baseado no livro de mesmo título da consagrada jornalista francesa Marie Monique Robin. Marie nasceu em 1960, na cidade de Poitou Charentes, é jornalista ganhadora de premiações por causa de seus trabalhos. Aqui ela retoma a trajetória da empresa sediada em Saint Louis (Missouri, EUA), desde seu envolvimento no Projeto Manhattan, que deu origem à bomba atômica, passando pelo agente laranja, desfolhante utilizado na Guerra do Vietnã, até os dias atuais, em que apresenta seus OGMs (Organismos Geneticamente Modificados) como arma no combate à fome mundial.
A marca registrada Monsanto é produzida na Bélgica, embora já haja em vários países do mundo, inclusive no Brasil chegou em 1963, já fez  50 (cinquenta anos) no mercado brasileiro. É uma multinacional americana, fundada em 1901, trabalha com química, empresa de agricultura para produzir alimentos saudáveis aos seres humanos. E reduzir os impactos com o meio ambiente. É líder mundial em tecnologia.
Seu carro chefe é o pro…

Filha secreta da princesa Diana? O misterioso caso de Sarah

Esse é mais um mistério bombástico da família real britânica. Dessa vez surgiu uma mulher, incrivelmente parecida com a princesa Diana, afirmando ser filha dela com o príncipe Charles. Tudo teria acontecido antes mesmo do casamento deles, segundo o tabloide norte-americano 'Globe'.



Se isso for mesmo verdade, essa suposta filha, sendo a mais velha, estaria à frente do príncipe William, e seria a segunda pessoa na sucessão do trono britânico, só atrás do próprio pai, o príncipe Charles.


De acordo com a revista, Charles e sua esposa Camilla Parker-Bowles, conheceram Sarah pessoalmente durante uma viagem aos EUA, e sua semelhança física com a princesa Diana era impressionante.

Porém o encontro não acabou bem, e o príncipe teria tratado mal a jovem, acusando-a de interesseira. Ela estaria disposta a fazer um exame de DNA, mas o príncipe teria se negado.


Tudo isso teria ocorrido durante um encontro, gravado por uma câmera de segurança, onde ela teria dito ao príncipe de Gales: "Eu …

São Lourenço do Sul-RS, sofre pior inundação em 70 anos

A pior enchente que já atingiu São Lourenço do Sul, cidade de 43 mil habitantes a 191 km de Porto Alegre, causou prejuízos e deixou bairros inteiros cobertos de lama.Na zona urbana, a água alcançou três metros de altura na madrugada de anteontem, superando todas as marcas da inundação de 1941, que sobrevivia na memória local como a pior catástrofe natural da cidade.
A Defesa Civil chegou a anunciar oito mortes, mas o número foi corrigido. Uma pessoa segue desaparecida.
A inundação formada pela forte chuva no arroio São Lourenço, riacho que corta a cidade, arrancou árvores pela raiz e invadiu as casas de pelo menos 15 mil pessoas.
O número de mortos só não foi maior porque a prefeitura alertou a população por meio de carros de som pouco antes da enchente.
Ontem, parte dos moradores começou a voltar para casa. Nas ruas, uma cena se repetia: pessoas enlameadas tentando limpar suas casas, apesar da falta de água encanada, e montando pilhas de móveis que viraram lixo.
A economia do município fo…

COMEÇANDO BEM 2011, Brasil - Maior Tragédia do País

Aumenta número de vítimas na tragédia que abalou a região serrana do Rio 23.01.2011

Chegou a 811 o número de mortos por causa das enchentes e deslizamentos que devastaram a região serrana do Estado do Rio de Janeiro na semana passada, de acordo com informações da Secretaria Estadual de Saúde e Defesa Civil, prefeituras e Polícia Civil.

Nova Friburgo continua sendo a cidade mais castigada, com 389 mortos, de acordo com números divulgados pela Secretaria de Saúde e Defesa Civil. O volume de chuvas previsto para todo o mês de janeiro, caíu em apenas 30 horas.

Em Teresópolis, foram encontrados 327 corpos; em Petrópolis, 66; e em Sumidouro, 22. Em São José do Vale do Rio Preto foram achados seis corpos, de acordo com a prefeitura local. Em Bom Jardim, foi computada uma morte.

O forte temporal que atingiu o Estado do Rio de Janeiro no dia 11.01.2011, deixou centenas de mortos e milhares de sobreviventes desabrigados e desalojados, principalmente na região serrana.

As cidades de Nova Friburgo, Te…

A ARCA DAS SEMENTES E 2012

Por: Daniel Braz

Em 19 de junho de 2006, saiu uma matéria publicada no site BBC On-line Brasil, sobre a construção do “cofre do fim dos dias”, pelo menos foi como estava descrito na reportagem, que iria ser construído no Polo Norte e que iria guardar todas as variedades conhecidas de lavouras do mundo todo. O tal cofre que na matéria, iria situar-se em uma montanha nas Ilhas de Svalbard, que em caso de uma “catástrofe global” iria preservar a diversidade de lavouras e sementes do mundo todo e que muita gente achou tolice ou coisa de filme de Hollywood, (tema do conhecidíssimo filme de catástrofe mundial 2012), lembram? Aquele que tinha um profeta maluco interpretado pelo Woody Harrelson, que no meio do mato, transmitia do seu trailer notícias apocalípticas e de conspirações que ninguém dava importância, até que se deparou com o personagem do John Cusack, que repentinamente se viu no meio de uma catástrofe global. Adivinha com que personagem me identifiquei mais?





As vezes eu fico me pergu…