Pular para o conteúdo principal

Cometa Elenin se aproxima da Terra e provoca polêmica

Seria o dia 16 de outubro de 2011 a data fatídica do fim do mundo? Ou será apenas uma oportunidade para apreciar um belo espetáculo no céu? Esta é a polêmica que está instalada na Internet. Especialistas, simpatizantes e curiosos da astronomia vem dividindo opiniões sobre as consequências da chegada do cometa Elenin, que deve atingir sua aproximação máxima junto à Terra (chamada perigeu) exatamente daqui a três meses.

Ainda que a expectativa seja de que sua órbita mantenha uma distância 90 vezes superior a da Lua, em blogs e sites há quem diga que os dados oficiais possam ser uma estratégia para maquiar a realidade e evitar pânico. Divergências de pontos de vista também já estão presentes em redes de relacionamento como Twitter e Facebook.

No www.hardmob. com.br, por exemplo, um dos colaboradores argumenta que o fato de a Agência Espacial Norte Americana (Nasa) pouco falar no assunto indica que algo que possa “afetar todo o mundo e matar milhões de pessoas” esteja sendo escondido.

O mesmo site faz uma associação entre o início do nome do cometa com a sigla ELE que, em inglês, significaria extinção em massa de espécies. “Pode ser que algo muito ruim venha acontecer logo, logo. Afinal, como podemos imaginar, um desastre desses, se fosse previsto, jamais seria relevado para o público, pois certamente haveria um caos no planeta inteiro”, diz o texto.

Pelo menos outros dois blogs fazem referência a uma notícia publicada em maio pelo Portal Terra na Argentina. Na matéria, um estudioso de astronomia confirmava informações de cientistas chineses de que o Elenin seria seguido por uma desconhecida formação ‘estranha e obscura’ parecida com um objeto voador não-identificado (ovni). “Atrás do cometa, os cientistas chineses asseguram que vem algo que eles chama de ‘cluster’, que significa um cúmulo globular, ou talvez uma nave extraterrestre”, afirma. 

Já o responsável pelo endereço realidadeoculta. blog.com teme que o cometa venha provocar fortes influências no campo magnético terrestre, o que, segundo ele, poderiam causar terremotos, tsunamis ou erupções vulcânicas. No mesmo endereço, é cogitada ainda a possibilidade de o Elenin alterar o campo gravitacional do Sol, tendo como consequência tempestades magnéticas solares que poderiam atingir a Terra.

Cautela

Mas há quem tenha mais cautela ou tranquilidade para lidar com o assunto. No site www.provafinal.net, um colaborador destaca que a órbita do cometa ainda pode sofrer mudanças de cálculos nas próximas semanas, mas diz acreditar na improbabilidade de colisão do corpo celestial com a Terra. “No site da Nasa, é possível ver uma animação da trajetória do Elenin. Se houvesse algum tipo de colisão, não teriam colocado nada no site. Não é uma questão de confiar ou não no órgão oficial, mas de ler as entrelinhas”, argumenta. 

De fato, todos os especialistas consultados pelo JC são unânimes. Não há motivo para pânico. O Elenin nem mesmo é um cometa de grandes proporções e deve passar a 34,9 milhões de quilômetros de distância da Terra. Para o físico Pedro D’Incao, toda a celeuma criada em torno dele é fruto de especulações sem fundamento, sempre presentes quando o assunto são fenômenos astrofísicos. 

“O misticismo sobre o fim do mundo existe, principalmente em relação à astronomia, desde que o homem começou a observar a natureza. E, nesse mundo especulativo, cabe qualquer coisa”, pondera ele, que afirma acreditar nas informações oficiais. “Não acredito que haja a conspiração que se imagina”, defende.


____________________


Leonid Elenin


Batizado oficialmente de C/2010 X1, o cometa Elenin foi descoberto em 10 de dezembro de 2010 pelo astrônomo russo Leonid Elenin, através de um dos telescópios robóticos do International Scientific Optical Network, instalado no Novo México, Estados Unidos. Segundo a agência espacial da Rússia Roscosmos, o cometa foi o primeiro descoberto por um russo neste século.


____________________


Inofensivo?


Para fins de comparação, o cometa Elenin é três vezes menor do que seu “irmão” mais famoso, o Halley, que em 2010 criou um clima de pânico em escala global após notícias serem veiculadas acerca do gás letal presente em sua cauda. O Halley passou, inofensivo, pela órbita da terra e voltou em 1986, deixando, mais uma vez, apenas um belo espetáculo como registro. 

“O Halley não provocou nenhum tipo de influência na terra e com o Elenin será a mesma coisa. Não haverá nada de excepcional. Dependendo do quão distante ele estiver de nós, conseguiremos, no máximo, vê-lo através do telescópio”, adianta o físico Jorge Honel, responsável pelo setor de astronomia do Centro de Divulgação Científica e Cultural da Universidade de São Paulo (USP) em São Carlos.


____________________


Terra não sofrerá consequências


Se os cálculos estiverem certos e o cometa Elenin passar a 34,9 milhões de quilômetros de distância da Terra, nenhum efeito provocado por ele será sentido pelos humanos. É o que garantem especialistas consultados pelo JC.

Pesquisador do Departamento de Astrofísica do Observatório Nacional, órgão vinculado ao Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT), o astrofísico Carlos Henrique Veiga explica que são remotas as chances de o cometa provocar efeitos como tsunamis ou terremotos. Para tanto, o Elenin teria que atingir a atmosfera terrestre, o que está longe de acontecer, segundo as projeções.

“Pelo tamanho que ele tem (cerca de 3,5 quilômetros de massa), precisaria passar pelo menos a um milhão de quilômetros de distância da atmosfera para provocar algum efeito de maré, mas ainda sem nenhum dano aos humanos. Seria parecido com as alterações provocadas pela Lua, que tem o mesmo diâmetro do Elenin, mas está a 484 mil quilômetros da Terra, embora se movimentando em menor velocidade”, esclarece.

Já as chances de o cometa interferir no campo eletromagnético do Sol e provocar as chamadas manchas solares ou tempestades eletromagnéticas. Segundo Veiga, o que ocorre é justamente o contrário: se passar muito próximo do Astro-Rei, o Elenin poderá ser atraído e se chocar contra ele, sem nenhum reflexo para a Terra. 

“Os cometas não são nada perto do Sol. As tempestades magnéticas, manchas e os ventos solares são provocados por distúrbios no campo eletromagnético do Sol ainda não muito bem entendidos pela Física. Algumas destas anomalias podem causar pane nos sistemas de telecomunicações da Terra, mas não são causadas por cometas, em absoluto”, alerta.

Responsável pelo setor de astronomia do Centro de Divulgação Científica e Cultural da Universidade de São Paulo (USP) em São Carlos, o físico Jorge Honel também desconsidera a possibilidade de um ovni pegar carona na cauda do cometa. “Isso não tem nenhum fundamento. Essa é só a letra de um verso de música infantil”, ironiza, numa referência à música “Lindo Balão Azul”, do cantor Guilherme Arantes. 

Fonte: JCNET

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Filha secreta da princesa Diana? O misterioso caso de Sarah

Esse é mais um mistério bombástico da família real britânica. Dessa vez surgiu uma mulher, incrivelmente parecida com a princesa Diana, afirmando ser filha dela com o príncipe Charles. Tudo teria acontecido antes mesmo do casamento deles, segundo o tabloide norte-americano 'Globe'.



Se isso for mesmo verdade, essa suposta filha, sendo a mais velha, estaria à frente do príncipe William, e seria a segunda pessoa na sucessão do trono britânico, só atrás do próprio pai, o príncipe Charles.


De acordo com a revista, Charles e sua esposa Camilla Parker-Bowles, conheceram Sarah pessoalmente durante uma viagem aos EUA, e sua semelhança física com a princesa Diana era impressionante.

Porém o encontro não acabou bem, e o príncipe teria tratado mal a jovem, acusando-a de interesseira. Ela estaria disposta a fazer um exame de DNA, mas o príncipe teria se negado.


Tudo isso teria ocorrido durante um encontro, gravado por uma câmera de segurança, onde ela teria dito ao príncipe de Gales: "Eu …

Nassim Haramein

Nassim Haramein é um físico nascido na Suíça que dedicou toda a sua vida em pesquisas e pensamentos no campo da física quântica e teorias sobre o hiperespaço, espaço de uma maneira não muito convencional mas profundamente esclarecedora, trazendo novas e corajosas discussões e revelações nesse campo e relacionando-as à nossa realidade, à nossa existência e ao conhecimento das civilizações antigas.
No ano de 2004 Nassim Haramein deu uma palestra de 5 horas que foi gravada em vídeo e colocada no youtube, onde ele aborda diversos temas e suas teorias a respeito deles. Na palestra, Nassim fala sobre a estrutura do vácuo e sua composição geométrica sua importância no universo, a singularidade de cada indíviduo / átomo / corpos celestes, buracos negros e as dimensões do universo, o estranho aumento de atividade Solar a partir do ano 2000, explicações sobre crop cricles (círculos em plantações) , ovnis, pirâmides ao redor do mundo, explicações sobre civilizações antigas, Móises,  Jesus, a Bíbl…

O Mundo Segundo a Monsanto

O Documentário é baseado no livro de mesmo título da consagrada jornalista francesa Marie Monique Robin. Marie nasceu em 1960, na cidade de Poitou Charentes, é jornalista ganhadora de premiações por causa de seus trabalhos. Aqui ela retoma a trajetória da empresa sediada em Saint Louis (Missouri, EUA), desde seu envolvimento no Projeto Manhattan, que deu origem à bomba atômica, passando pelo agente laranja, desfolhante utilizado na Guerra do Vietnã, até os dias atuais, em que apresenta seus OGMs (Organismos Geneticamente Modificados) como arma no combate à fome mundial.
A marca registrada Monsanto é produzida na Bélgica, embora já haja em vários países do mundo, inclusive no Brasil chegou em 1963, já fez  50 (cinquenta anos) no mercado brasileiro. É uma multinacional americana, fundada em 1901, trabalha com química, empresa de agricultura para produzir alimentos saudáveis aos seres humanos. E reduzir os impactos com o meio ambiente. É líder mundial em tecnologia.
Seu carro chefe é o pro…

NOVO ESTUDO DA NASA PODE CORROBORAR HISTÓRIA SOBRE O PLANETA NIBIRU.

No início do século XX, foram encontradas, na lendária biblioteca de Nínive, cujo nome significa «bela», fica situada na margem ocidental do rio Tigre e foi a capital da Assíria (atual Iraque) 20 mil placas de argila (material usado para escrita na época), com textos em escrita cuneiforme – muitos deles bilingues, em sumério e acádico – sobre o mundo natural, geografia, matemática, astrologia e medicina; manuais de exorcismo e de augúrios; códigos de leis; relatos de aventuras e textos religiosos. Dentre os relatos haviam textos contendo a história da criação da humanidade, bem como a existência de um planeta extra-solar (NIBIRU) que teria se desprendido do nosso sistema e que seria o planeta de origem dos criadores da humanidade os, ANUNNAKI.


Muitos acharam que tratavam-se de lendas ou contos mitológicos, mas para o autor de O 12º PLANETA, Zecharia Sitchin, eram relatos verdadeiros da história humana e recentemente a NASA acendeu uma nova luz para o que pode tratar-se de um fato verda…

Aumento do número de erupções vulcânicas

Erupção vulcânica
Origem:Wikipédia


Erupção vulcânica é um fenômeno da natureza, geralmente associado à extravasação do magma de regiões profundas da Terra na superfície do planeta. As camadas de rochas formadas por erupções magmáticas são chamadas de "derrames", pois a rocha se espalha e solidifica-se na superfície do globo. A lava arrefecida gera normalmente um óptimo solo para plantação.


Incrível aumento do número de erupções vulcânicas
Estima-se que existam atualmente 1.500 vulcões ativos no mundo, 550 em terra e o restante no oceano. Algumas regiões do planeta estão sendo monitoradas continuamente em relação à atividade vulcânica, como Alasca, Islândia, Indonésia, Equador, Japão, Itália e, mais recentemente, México. Na Itália há cinco vulcões “preocupantes”; no Japão, são 86… E o número de erupções no mundo vem aumentando já há tempos.
A título de ilustração, observe-se o gráfico abaixo (extraído da página Volcano), que mostra o registro de erupções conhecidas do vulcão Mera…

Roswell, novas evidências

É um caso antigo, dos mais polémicos e bastante conhecido, mas que teve uma reviravolta com o lançamento do livro: O Dia Seguinte a Roswell, 1997 - Philip Corso, ex oficial da Força Aérea Americana que ocupou importantes cargos no governo de dois presidentes daquele país..

A 2 de Julho de 1947, em Roswell, novo México, caiu um ovni.  Os EUA dizem que  foi um  balão sonda secreta. Se de fato fosse um balão, porque motivo fizeram um cordão de isolamento da àrea,  levando destroços em vagões de comboio, sobrevoados por aviões?  Por que tanto sigilo?

Os destroços do OVINI e cadáveres dos ETs foram guardados temporariamente no Hangar 84, na base White Sands. Mais tarde transferiram-nos para o Hangar 18 da base de Wright Paterson. Diz-se que foram ainda transferidos para a Base aérea de  Muroc (Califórnia)  em 1954. O que é certo é que após essa queda do ovni, começam a surgir novas tecnologias, chips, trnasistores, na Area 51 de…

Chineses ficaram abismados com uma 'cidade flutuante' que surgiu no céu

O que poderia ser o primeiro parágrafo de um conto de terror sci-fi é um relato objetivo do que aconteceu em uma região da China em 2015 “No início de outubro, moradores da província de Jiangxi e da cidade de Foshan, na China, levaram um susto ao contemplar o horizonte. Havia uma cidade ali. Não a cidade inteira, mas o topo ou a silhueta do topo de prédios imensos. Abaixo do topo não havia o restante dos andares ou a base dos prédios, mas nuvens. Nuvens espessas e cinzentas.”Para alguns, é o primeiro ato do fim do mundo. Para outros é uma rachadura na parede invisível que nos separa dos universos paralelos que nos rodeiam. Para os cientistas é um fenômeno que, apesar de natural, continua sendo quase tão bizarro quanto as outras teorias.

No vídeo abaixo dá pra ter uma noção do que aconteceu. A hipótese mais provável é de que se trata de uma miragem causada por uma ilusão de ótica chamada Fata Morgana.

Quando uma camada da atmosfera é aquecida pelo Sol mas a camada de baixo permanece fria…

Alimento: O Último Segredo Exposto

Alex Jones, mostra neste documentário bem esclarecedor o que estão fazendo com os nossos alimentos. Jones expõe esse terrível segredo que está bem diante de nossos olhos, ou mais perto do que gostaríamos, pois isso não acontece somente nos Estados Unidos, aqui mesmo no Brasil, pesticidas proibidos em outros países são utilizados em nossas plantações e alimentos dietéticos e lights, possuem químicos e substancias sintéticas bem mais perigosas que o aspartame.
Glutamato Monossódico é um aditivo usado em vários alimentos industrializados, um sal sódico, o sabor dele é o do Ajinomoto. Puro GMS (ou em inglês conhecido por MSG). Está presente em quase todos os produtos (biscoitos, enfim, tudo que é crocante, etc.) é um realçador do sabor. Pesquisas indicam que é uma das principais substancias relacionadas como fator causador de câncer, obesidade e diabetes.
Em um estudo recente o INCA (Instituto Nacional de Câncer) já declarou “O câncer é hoje uma das principais preocupações da agenda glob…